Início

INSCRIÇÕES PRORROGADAS: CHAMADA PÚBLICA DE PARTICIPANTES PARA O MURUNDUM

As inscrições para participar do Murundum foram prorrogadas até 08/09/2017.


VAMOS JOGAR BETE, DJOU?

O curta metragem ”Vamos jogar bete, Djou?” Foi produzido em uma oficina de educomunicação no Quilombo do Palmital, cidade de Nazareno (MG), em dezembro de 2016. O filme é fruto de um trabalho colaborativo entre os moradores do quilombo, o projeto de extensão da UFSJ, VAN Educomunicativa e o Cinema dos Quilombos, projeto do cineasta Cardes Amâncio. Na oportunidade, tivemos também a participação de Danilo Candombe, cineasta originário do Quilombo do Açude, Serra do Cipó (MG).


Ficha técnica:

Cinema dos Quilombos

Coordenação Geral

Cardes Monção Amâncio

Oficina no Quilombo do Palmital - Nazareno/MG

Dezembro 2016


Professores

Cardes Monção Amâncio

Danilo Candombe

 

Parceria

VAN Educomunicativa - Projeto de extensão UFSJ

Coordenação - Michel Montandon

Sabrina Kelly – Bolsista

Dellcimar Ribeiro – Voluntário

Apoios

- Pós-Graduação em Estudos de Linguagens - CEFET-MG - Projeto Produção de documentário em comunidades quilombolas - estética, politica e construções narrativas

- Pró-reitora de Extensão e Assuntos Comunitários – UFSJ

- Grupo Transdisciplinar de Pesquisa em Artes, Culturas e Sustentabilidade

- Programa de Educação Financeira para Inclusão Socioeconômica Sustentável

- Museu do Barro

- Programa Tugu-ná - Casa do saber

- Laboratório de Ecopoéticas

- Núcleo de Arte e Sustentabilidade

- Grupo de estudos e pesquisas em Educomunicação

 

Agradecimentos

Toda a comunidade do quilombo do Palmital - Nazareno/MG

Prof. Dr. Adilson Siqueira

Prof.ª Dra. Filomena Bomfim

Prof. Dr. Wagner José Moreira

Letícia Souza

Raquel


CRONOGRAMA DO GRUPO DE ESTUDOS DO MOVÈRE - GRUPO DE ESTUDOS EM ECOPOÉTICAS CÊNICAS, PERFORMANCE E TREINAMENTO

O Movère está realizando semanalmente o encontro do GRUPO DE ESTUDOS EM ECOPOÉTICAS CÊNICAS, PERFORMANCE E TREINAMENTO.

A seguir o cronograma dos temas a serem discutidos pelo grupo:


ECO - GRUPO DE ESTUDOS TRANSDISCIPLINARES DO LABORATÓRIO DE ECOPOÉTICAS

Venha participar do nosso Grupo de Estudos.

Segue em anexo o cronograma com os temas e textos a serem discutidos.

Toda quinta-feira às 10h, no CDB.



Ação na comunidade quilombola do Palmital




Cronograma do Grupo de Estudos

 

24/08/2016 – Pesquisa Somática

31/08/2016 – Ação externa (Artivismo)

07/09/2016 - Performatividade


O Grupo de Estudos se reune semanalmente das 10h às 12h (Quartas-feiras).


Para ter acesso aos textos que servirão de base para as discussões acesse: Cronograma do Grupo de Estudos


A roupa de lixo

O Laboratório de EcoPoéticas desenvolveu, no dia 10 de junho de 2016, uma ação performática no bairro Matosinhos, aos redores da Praça Sta. Terezinha.

A partir da ideia de que o lixo que produzimos nos pertence, a proposta consistiu em coletar lixo pelas ruas e utilizá-los como material para a construção de uma “roupa” de lixo.

Por fim, fotos foram realizadas em alguns pontos do bairro em que havia mensagens em muros pedindo para que lixos não fossem jogados ali, porém sem nenhum efeito.


Visita aos quilombos

Neste último domingo (22/05/2016), projetos do grupo GTrans visitaram duas comunidades quilombolas em que desenvolvem trabalhos: Palmital e Jaguar. Foi um dia de conversas e de retomada das visitas e projetos.

Os novos bolsistas do Núcleo de Arte e Sustentabilidade (NAST) tiveram os primeiros contatos com as comunidades, nas quais irão desenvolver trabalhos artísticos voltados para performance, jogos performáticos, etc.



Grupo de Estudos: Transdisciplinalidade

Na última quarta-feira (18/05/2016), o Grupo de Estudos do Laboratório de EcoPoéticas realizou uma discussão acerca do tema Transdisciplinalidade. As discussões foram norteadas pelos textos “Transdisciplinaridades e outros corpos”, de Adilson Siqueira, e “A Transdisciplinalidade como uma resposta à Sustentabilidade”, de Ubiratan D’Ambrosio.



Solo: DE NOVO

Apresentações: dias 29 e 30 de abril às 20h, dia 01 de maio às 19h.

Capacidade para 20 pessoas retiradas de fichas no local 30 minutos antes das apresentações.

 

Release:

Era uma vez em que nada mais era. De Novo propõe uma experiência coletiva do branco, como porta de entrada estética e simbólica para se chegar a descobertas do que é ou pode ser novo.


Ficha técnica:

Concepção e performance: Leticia Nabuco

Colaborações no processo de criação: Juliana França, Raíssa Ralola e Israel Alves

Som: Mariá Portugal (edição) e Bruno dos Santos (captação de áudio)

Fotos: Bruno dos Santos e Camila Picolo

Vídeo: Leo Nabuco

Assistência de produção: Tiago Gandra

Apoio: Diversão & Arte Espaço Cultural

Agradecimentos: Juliana França, Bruno dos Santos, Aline Rodrigues e Leo Nabuco.

Duração: 35 minutos

Classificação indicativa: 18 anos

Mais infos deste e de outros trabalhos: leticianabuco.com



Planejamento e discussão de projetos – Pedro Lago (16/04/2016)

De onde vem as boas idéias?

De boas idéias, São João del Rei está cheia, não é?!

Então a pergunta que nos co-move é como transformar ideias em projetos, projetos em ações, cultura em desenvolvimento?


Transdiciplinariedade, sustentabilidade, planejamento, indie-gestão, ferramentas e metodologias colaborativas, economia criativa e estudos de futuro são alguns dos temas que foram abordados nessa conversa.

Ao final da conversa, O Forno ofereceu uma mini-oficina para aqueles que desejavam aprender uma metodologia simples e lúdica para planejar e executar.

O TEvEP é uma ferramenta, um protocolo de comunicação e uma metodologia de planejamento e gestão que aproxima o pensar do fazer. Seu nome é formado pelas iniciais de Tempo, Evento, Espaço e Pessoas - os 4 princípios do TEvEP.

A metodologia é aplicável tanto no planejamento pessoal, como no planejamento e gestão de empresas ou instituições do terceiro setor.


"É um método que oferece um novo olhar sobre a vida, as organizações e além de facilitar a revisão dos processos e a integração das pessoas e estimular a inovação. As pessoas identificam lacunas, riscos e oportunidades e por si mesmas se tornam capazes de planejar e executar a solução mais rápida e eficaz para o alcance dos resultados esperados." - Eduardo Shana, criador do método e da escola de planejamento HomoSapiens.

O TEvEP soluciona os problemas mais comuns nos projetos e iniciativas: define coletivamente objetivos e metas, propõe um método de ação, alinha expectativas e visões, garante uma comunicação clara e objetiva.

 

Pedro Lago é criador do Forno Harmônico - incubadora de projetos em Economia Criativa, gestor cultural, especialista em planejamento e gestão pelo método TEvEP, estudante de Fluxonomia 4D e integrante do LIS! Laboratório de Inteligência SocioCriativa.

 

Saiba mais sobre os eventos e capacitações oferecidas: www.tevep.net

POR DENTRO DO FORNO:

http://blogoosfero.cc/fornoharmonico

O Forno Harmônico é uma incubadora de projetos, referência em gestão e planejamento na cidade de São João del Rei em atividade desde 2013 que integra profissionais da arte, cultura, educação, tecnologias livres e desenvolvimento econômico. Fornece apoio, suporte e consultoria em planejamento e gestão para artistas, coletivos, pontos de cultura, associações e demais instituições e iniciativas de interesse público.


COLABORAÇÃO:
GTRANS & EcoLab! Laboratório de EcoPoéticas

ITCP - Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares



APOIO: 
PROEX e Centro Cultural UFSJ



Dinâmica de pesquisas sensoriais (19/04/2016)

A proposta desta vivencia é propor ao ator-pesquisador um trabalho sensorial, onde ao vedar seus olhos os atores são provocados a explorar um determinado espaço externo usando seus outros sentidos como: tato, olfato e audição. Eles ainda são estimulados a absorver corporalmente as sensações vivenciadas ao tocar, ouvir e cheirar um ambiente não-cotidiano e por fim traduzi-las em palavras ao grupo.